Prefeitura de Caruaru intensifica fiscalização em locais de venda de fogueiras no município

PUBLICIDADE

Em Portaria publicada no Diário Oficial de Caruaru, na última segunda-feira (15), o Grupo Integrado de Atendimento de Emergências Relacionadas a Desastres Naturais e Correlatos do Município de Caruaru decidiu proibir a comercialização de madeira para montagem e queima de fogueiras durante as festas juninas, em espaços públicos ou privados, seguindo a recomendação do Ministério Público de Pernambuco.

A fiscalização será feita de forma integrada com a participação do Corpo de Bombeiros, visando a proibição da comercialização de fogueiras no município, bem como a conscientização da população para não acendê-las durante esse período de combate ao coronavírus. “Apesar da forte cultura e tradição das fogueiras no período junino, este é um momento de cuidar das pessoas para que todos possam aproveitar outras festas juninas. Lembramos que uma fogueira não acesa pode salvar várias vidas”, comentou Dyego Veras, Secretário Executivo da Secretaria de Ordem Pública.

A orientação é que a população seja parceira dessas ações, conscientizando as famílias e ajudando nas denúncias de venda de fogueiras, que poderão ser feitas pelo número do disque-denúncia 3719–4545 (das 7h às 19h, de segunda a sábado), ou pelo WhatsApp 98256 – 4545/ 98170-2525. Outro contato disponível é o da Ouvidoria Municipal, no número 156 (das 7h às 13h, de segunda a sexta), ou no WhatsApp 98384-5936. A denúncia pode ser feita também pelo 190 da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros no número 193.

PUBLICIDADE

Comentários