Eleições 2020: Uma incógnita no ar para a oposição em Caruaru

PUBLICIDADE

Foto: Reprodução/Instagram

Nos últimos dias, o cenário político local foi movimentado com a condenação em segunda instância do Deputado Estadual, Tony Gel (MDB), pela Câmara do Tribunal de Justiça de Pernambuco, que o tornou inelegível, considerando a causa de improbidade administrativa e por ter dado um reajuste no seu próprio salário e o subsídio do seu secretariado no ano de 2005, quando do seu segundo mandato de prefeito de Caruaru.

Tony Gel já está recorrendo ao STJ e acredita que poderá reverter a situação na justiça, tendo assim, condição de concorrer ao pleito eleitoral deste ano. Porém, vale lembrar que até o momento, Tony ainda não se pronunciou sobre uma possível candidatura a prefeito de Caruaru, deixando um suspense no ar, principalmente em quem seria o candidato do Governador Paulo Câmara, que é opositor ferrenho da atual gestão municipal, comandada por Raquel Lyra (PSDB).

Todavia, outro importante personagem da política na Capital do Forró, tem chamado atenção por estar fora dos holofotes  e distante dos noticiários da imprensa local,  o Deputado Estadual José Queiroz (PDT), também adotando a lei do silêncio neste momento de Pandemia da Covid-19 e deixando uma grande interrogação em torno de sua participação nas eleições deste ano.

A ausência de Zé Queiroz, pode representar uma desistência de sua candidatura, por ser do grupo de risco no meio da pandemia? Ou seria estratégia política?

Num passado bem recente, chegaram a citar o nome do atual Secretário de Emprego e Qualificação de Pernambuco, Alberes Lopes, como possível candidato do PDT apoiado por Zé Queiroz, mas, Alberes não se desincompatibilizou no prazo, e ainda transferiu o seu título de eleitor para o Recife, acabando qualquer chance de ser um dos nomes pedetistas.

Atualmente, o grupo do PDT só tem 2 potenciais candidatos que poderiam disputar a prefeitura de Caruaru, que seriam os vereadores, Fagner Fernandes  e Sergio Siqueira. Sendo o nome de Fagner, o que teria maior visibilidade por conta da atuação na causa animal.
No mais, as informações que temos é que o grupo de Zé Queiroz vem sendo articulado e montado pelo assessor parlamentar, Elialdo Lima, fiel escudeiro pedetista em Caruaru.

Vamos aguardar!

PUBLICIDADE

Comentários