Ministro dá prazo até junho para definir eleição e recusa adiar pleito para 2022

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) deve decidir até junho se adia ou não as eleições municipais deste ano. A afirmação foi do ministro Luiz Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), que em maio assumirá a presidência do tribunal, em entrevista na manhã de hoje ao UOL.

O adiamento do pleito, marcado para outubro, vem sendo cogitado devido à pandemia do novo coronavírus.

Comentários