Fraudes no cartão Leva: polícia investiga uso indevido dos cartões por usuários de gratuidade 

No último dia  (18), os diretores executivos da AETPC Maria Amélia Parreira e Rodrigo Leal Barbosa foram intimados a depor na Delegacia de Polícia da 89ª Circunscrição de Caruaru, no bairro do Salgado, para prestar esclarecimentos sobre os bloqueios realizados nos cartões Leva que dão direito a gratuidade no sistema de transporte público e que estão sendo investigados por fraudes e uso indevido.

Desde o dia 12 de fevereiro que os casos suspeitos de fraudes, constatados pela biometria, são encaminhados ao Ministério Público de Pernambuco onde são direcionados a Central de Inquerito do MPPE, onde se tornam cabiveis de processo criminal.

A investigação busca criminalizar o repasse do cartão com direito a gratuidade para terceiros, prática que tem se tornado comum entre os usuários de transporte público.

A AETPC lembra que a gratuidade é para quem tem direito. Denuncie o uso indevido dos cartões Leva na AETPC, no MPPE ou na DESTRA. Faça a sua parte!

Comentários