Prefeitura de Caruaru entrega mais 19 casas na zona rural

Os imóveis do PNHR têm mudado a vida das famílias do campo

Mais 19 casas do programa Morar Bem Caruaru foram entregues nesta quarta-feira (25). Desta vez, foram beneficiados os moradores do Segundo Distrito Rural do município. No total, a Prefeitura de Caruaru já entregou 150 imóveis. As residências estão sendo destinadas aos moradores da zona rural, através do Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR), que tem mudado a realidade de muitas famílias.

Para Marinalva Margarida Santana, do Sítio Borba da Gafieira, de 34 anos, que morava numa casa de taipa sem banheiro, nem água encanada, onde se via obrigada a conviver com receio da chuva derrubar a única moradia que tinha para viver com os dois filhos pequenos, a nova casa representa uma vida melhor e com mais dignidade. “Estou sentindo muitas alegrias e coisas boas agora na casa nova. Antes eu vivia com medo na casa de taipa porque ela atraía rato, inseto e eu temia pelos meus filhos, mas agora com a casa nova, tudo isso acabou” relatou.

O programa possibilita uma melhor qualidade de vida para as pessoas do campo, que muitas vezes, mesmo tendo o terreno, não têm condições de construir uma moradia digna, como no caso de Josefa de Mello, moradora do Sítio Pé de Serra de Lages. “Eu nunca poderia fazer uma casa dessa. Chega estou emocionada em ganhar a minha casinha nova. É uma felicidade muito grande na vida”, declarou, emocionada.

“Como eles, pessoas que estão na zona rural inteira de Caruaru estão recebendo as casas do PNHR. Vamos chegar a 416 nessa primeira leva, e para a gente é uma alegria poder chegar tão perto de mudar, de verdade, a vida das pessoas, entregando uma casa nova, permitindo que elas possam viver num lugar bem melhor”, ressaltou a prefeita Raquel Lyra, em uma das entregas do dia.

Os imóveis têm dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. O PNHR foi criado pelo Governo Federal no âmbito do Programa Minha Casa Minha Vida, através da Lei 11.977/2009, com a finalidade de possibilitar ao agricultor familiar, trabalhador rural e comunidades tradicionais o acesso à moradia digna no campo, seja construindo uma nova casa, reformando, ampliando ou concluindo uma já existente.

Comentários