“Jovem mentiu sobre suposto sumiço” afirma delegado

PUBLICIDADE

Por Pedro Augusto

Em sua página oficial do Facebook, o delegado de Caruaru, Thiago Henrique, esclareceu as dúvidas referentes ao suposto sumiço de uma jovem, que teria ocorrido na noite da última sexta-feira  (21). De acordo com o policial, a suposta vítima teria mentido sobre o estupro, o qual teria sofrido por um motorista de UBER. Confira abaixo, na íntegra, o texto do delegado referente ao caso:

“ALGUNS ESCLARECIMENTOS SOBRE ESSE CASO

O caso dessa adolescente caiu na minha equipe de plantão ontem. Foi registrado um Boletim de Ocorrência do DESAPARECIMENTO desta jovem e no outro dia pela manhã ela apareceu dizendo ter sido estuprada por um motorista de UBER.

Mobilizamos nossa equipe para localizar o motorista. Entrei em contato pessoalmente com o setor de segurança da UBER em SP com quem tenho uma excelente relação a partir de um outro caso que resolvemos. Conseguimos deter o motorista cerca de 2h depois da denúncia.

PORÉM, a alguns pontos da história contada pela adolescente “não batiam”. Foi então que aprofundamos a investigação e descobrimos que tudo foi UMA MENTIRA INVENTADA PELA JOVEM, que passou a noite fora de casa.

Instaurei um Procedimento Especial de Menor – PEM pela prática do ato infracional análogo ao crime de Denunciação Caluniosa pelo qual ela responderá um procedimento judicial.

Minha intenção em fazer essa postagem foi de externar a minha preocupação ao ver algumas manifestações de ódio contra o motorista da UBER que, neste caso, foi o maior prejudicado”.

Thiago Henrique C. de Almeida
Coordenador dos Plantões de Caruaru

PUBLICIDADE

Comentários