Governador do Rio de Janeiro é preso na Lava Jato

PUBLICIDADE

Da Veja

O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, foi preso preventivamente dentro do Palácio Laranjeiras na manhã desta quinta, 29, pela Operação Lava Jato. As informações são da GloboNews.

O político do MDB foi alvo de delação premiada de Carlos Miranda, suspeito de ser operador financeiro de esquemas de seu antecessor, Sergio Cabral. O delator afirma que Pezão recebeu mesadas entre 2007 a 2014, enquanto durou o mandato do ex-governador, preso desde novembro de 2016. Os repasses, segundo a delação, continuaram quando Cabral passou a faixa a Pezão.

Agentes também cumprem mandado de busca e apreensão no Palácio Guanabara, sede do Executivo no estado, e na casa de Pezão em Piraí, no sul do estado do Rio de Janeiro, onde o governador iniciou sua vida política como prefeito.

Além de Pezão, oito pessoas são alvos de mandados de prisão expedido pelo ministro do STJ Felix Fischer.

PUBLICIDADE

Comentários