ACTA faz levantamento com os comerciantes sobre o São João 2018

PUBLICIDADE

Na última semana de shows nos polos de animação, a comissão diretora da Associação Caruaruense dos Trabalhadores Autônomos (ACTA) elaborou um questionário junto aos comerciantes (ambulantes, donos de barracas etc) para fazer um balanço econômico do são João 2018.

Foram entrevistados 128 comerciantes em 4 setores: Alto do Moura, Estação Ferroviária e pátio de eventos (área interna e externa).

A ACTA perguntou como os comerciantes classificam o São João 2018. As respostas foram às seguintes: 35,2% (ruim)
42,4% (regular)
19,2% (bom)
3,2% (ótimo)

Outra pergunta feita, comparou o faturamento desse ano em relação ao são João do ano passado. Nesse quesito, 36,9% dos entrevistados afirmaram que esse ano o faturamento foi menor, ao passo que 43,9% disseram que o faturamento este ano foi semelhante ao ano anterior e 19% afirmaram ter tido um faturamento maior do que na edição de 2017.

Quando perguntados sobre os locais de trabalho, 77,5% mostraram a intenção de trabalhar no mesmo local no ano que vem, enquanto que 16,7% afirmam querer ir pro sorteio de outro local e 5,8% se mostraram indiferentes.

Na opinião do economista e presidente da ACTA, Carlos Henrique, que também comercializa no pátio de eventos durante o São João, o alto percentual de comerciantes mostrando preferência por trabalhar no mesmo local no próximo ano mostra que esse não foi o fator determinante na baixa das vendas e atribui parte da queda ao desgaste econômico como um todo, tomando como base também a crise no âmbito nacional, além do baixo movimento das feiras tradicionais do período, sendo esse o principal motor da economia local.

“Tais fatores somados as renomadas atrações presentes nas festividades das cidades vizinhas, fazem com que a população tenha outras alternativas para além da capital do forró, fazendo a expectativa do comerciante Caruaruense fugir da tendência, que seria justamente cada ano melhor que o anterior”, ressaltou.

Já pensando na próxima edição da festa, a ACTA pediu aos entrevistados que deixassem sugestões para o são João 2019. As principais foram: melhorar a logística dos portões para abastecimento, que as atrações principais fiquem para o final da noite, que os portões sejam abertos durante o dia para entrada de turistas, que os valores das barracas e restaurantes sejam revistos, entre outras.

Contudo, o próximo passo é elaborar um requerimento com esses dados e levar até a gestão municipal para que sirvam como sugestões em futuras reuniões com a categoria.

PUBLICIDADE

Comentários