Novo Estatuto da Caixa impede indicações políticas para cargos executivos

PUBLICIDADE

Para se adequar a Lei das Estatais, a Assembleia Geral da Caixa Econômica Federal aprovou nesta sexta-feira (19) o novo estatuto do banco. Entre as mudanças, a diminuição de indicações políticas para cargos de vice-presidência foi um dos pontos de destaque do documento aprovado.

A partir de agora, tanto a destituição quanto a indicação de vice-presidentes do banco será feito pelo Conselho Administrativo. Após a aprovação pelo Conselho, os nomes também deverão ser aprovados pelo Banco Central. Os membros deste conselho também serão escolhidos através de assembleia.

A mudança ocore na mesma semana em que quatro entre doze vice-presidentes do banco foram afastados pelo presidente Michel Temer. O motivo dos afastamentos é a suspeita de envolvimento em casos de corrupção investigados pela Polícia Federal.

No comunicado divulgado pela Caixa no site da empresa, o estatuto começou a ser elaborado em 2016 com a colaboração de várias áreas, além da direção dos Ministérios da Fazenda e do Planejamento.

PUBLICIDADE

Comentários