Programação alusiva aos Direitos Humanos encerra nesta sexta (15), em Caruaru, com lançamento de cartilha

PUBLICIDADE

 Nesta sexta-feira (15), a Defensoria Pública do Estado de Pernambuco irá lançar, em Caruaru, a cartilha ‘Construindo Identidades – O processo para alteração de nome e gênero no registro civil de pessoas travestis e transexuais’. O evento irá acontecer na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, das 09h às 12h, com acesso gratuito do público. A ação faz parte da programação da campanha ‘15 Dias de Ativismo pelos Direitos Humanos’, promovida pela SDSDH e pela Secretaria de Políticas para Mulheres, ambas, da Prefeitura de Caruaru.

O material foi elaborado pelo Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria Pública e é um guia que contém as principais perguntas e respostas sobre o caminho de homens e mulheres trans que desejam dar entrada no processo de mudança do nome civil. A cartilha foi disponibilizada no site da Defensoria Pública de Pernambuco, através do endereço www.defensoria.pe.def.br.

“O guia foi pensado a partir das dúvidas mais frequentes de pessoas que vivenciaram esse processo de alteração do registro civil. A iniciativa da Defensoria é empoderar esse público sobre seus direitos, principalmente os que não têm acesso aos movimentos e grupos organizados”, explicou a coordenadora de Promoção à Diversidade Sexual (LGBT), de Caruaru, Christianny Magalhães.

O lançamento faz parte da Campanha alusiva ao Dia Mundial dos Direitos Humanos, celebrado no último dia 10 de dezembro, que vem sendo realizada pela Prefeitura de Caruaru, através das secretarias.

PUBLICIDADE

Comentários