Projeto Ração do Coração também será realizado em Caruaru

O Instituto Quatro Patas, juntamente com a União em Defesa e Respeito à Vida Animal (Uderva), darão início ao projeto “Ração do Coração”, que tem por objetivo a arrecadação de ração, remédios, roupinhas e casinhas para animais necessitados, assim como também para aquelas pessoas que atualmente abrigam a um número grande de animais e precisam de ajuda.

Durante o fim de semana, no sábado(25), das 9h as 15h e no domingo(26) das 9h as 12h,  voluntários do instituto e da Uderva estarão  com uma tenda montada na Avenida Caruaru, no bairro Boa Vista I, a espera dos donativos.

Em São Paulo, o projeto é liderado pelo sargento Alexandre Filho, tem como mascote o cãozinho Cabo Pitoco e consegue arrecadar mensalmente cerca de cinco tonelada de ração.  A presidenta do Instituto Quatro Patas Rayssa Aylane, chama atenção para união de todos em função dos animais necessitados e acredita na solidariedade do povo caruaruense. “Cada um doando um pouquinho poderemos ajudar centenas de animais carentes”, disse a presidenta.

Conheça a História do projeto “Ração do Coração”

O Sargento Alexandre conheceu Pitoco, cãozinho que vivia em uma lanchonete de um posto de gasolina que ele costumava tomar seu café da manhã. Sensibilizado com a situação de abandono do animalzinho, o sargento mobilizou alguns amigos de sua página no Facebook, para que doassem para o animalzinho, casinha e roupinha.

O sucesso da mobilização nas redes sociais foi tão grande que, em pouco tempo, Pitoco ganhou uma página no Facebook e também, a patente de Cabo. Atualmente, têm mais de 185 mil seguidores nas redes sociais.

Muitos voluntários de engajaram na campanha e organizaram encontros para o recolhimento de doações de ração, que recebeu o nome de “Ração do Coração”. Hoje, o projeto também beneficia animais que vivem nas ruas e em abrigos de protetores independentes com outros tipos de assistência, além da ração, tais como: castrações, vacinações, resgates, socorros.

A partir daí, Cabo Pitoco se tornou referência no que se diz respeito ao ativismo animal e com o grande volume de doações gerou uma rede de ajuda a outros animais que vivem nas ruas e em abrigos de protetores independentes, que também são beneficiados com outros tipos de assistência, tais como, castrações, vacinações, resgates, socorros, entre outros, formando grandes parcerias com pessoas e entidades renomadas na proteção animal, a exemplo disso, Luiz Scalea, Armandinho Proteção Animal e APASFA – Associação Protetora dos Animais São Francisco de Assis. Atualmente o Cabo Pitoco foi adotado por um frentista do posto de gasolina e sua esposa e tem como grande tutora a Rita Palma uma das idealizadoras do projeto Pitoco.

Comentários