Novembro Azul: Câncer de Próstata também afeta o seu cão

A doença atinge cerca de 4% dos animais com mais de sete anos
Assim como ocorre no Outubro Rosa, quando a campanha de conscientização do exame
preventivo do câncer de mama em mulheres ganha maior amplitude, o Novembro Azul também
foi escolhido pra chamar a atenção do cuidado com a saúde dos homens. Sobretudo, para a
importância dos exames preventivos de Câncer de Próstata.
Tais campanhas já fazem parte do calendário de eventos no país, e tornaram-se bastante
conhecidas por grande parte da população. Graças à divulgação as pessoas tem se
conscientizado cada vez mais, mas o que muita gente ainda não sabe, é que o Câncer de
Próstata não é um mal que afeta somente os homens, infelizmente ele também atinge o seu
melhor amigo: O cão.
Os exames preventivos devem ser feitos por cães e gatos, apesar de que em cachorros a
chance da doença se desenvolver é maior. O médico veterinário Jerônimo Ribeiro alerta para
a importância do acompanhamento da saúde dos animais. “O tutor deve estar atento à
realização de exames, fazer check up, assim como nós vamos ao médico periodicamente o
cão ou gato também deve visitar o veterinário.”
Ainda de acordo com o especialista, que é Diretor Clinico do Hospital Veterinário Jerônimo
Ribeiro existem alguns sintomas em que os donos podem identificar se há algo errado com a
próstata do animal como, por exemplo: o aumento da frequência no ato de urinar (feito em
pequenos jatos) e o desconforto na região. O especialista destaca ainda, que pode haver
constipação, uma maior dificuldade no ato de defecar causada pelo aumento da próstata.
Exames preventivos
A melhor forma de cuidar da saúde do Pet é realizando exames periódicos que possam
antever o surgimento de doenças como o câncer de próstata. O diagnóstico precoce é de
fundamental importância para o sucesso no tratamento e recuperação do animal. Na fase
de triagem, a Ultrassonografia junto com o exame de toque retal irá auxiliar o veterinário no
tratamento.
Castração
O veterinário também explica que castração além de outros benefícios para a saúde do
animal pode diminuir consideravelmente o fator de risco do desenvolvimento do chamado
cancro da próstata. “Ao ser realizado no primeiro ano de idade dos filhotes, o
procedimento irá impedir a produção excessiva de hormônios, evitando assim o
crescimento da próstata e o possível surgimento do câncer.”

Comentários