Raquel Lyra sobre segurança pública: “Não existem cores partidárias. Essa é uma luta do povo de Caruaru”

Prefeita esteve na inauguração do primeiro Biesp, que trará 300 agentes da Polícia Militar em quatro companhias especializadas para a região

Na manhã desta terça-feira (14), a prefeita de Caruaru, Raquel Lyra, participou da inauguração do primeiro Batalhão Integrado Especializado de Policiamento (Biesp), que trará 300 policiais em quatro companhias especializadas – Ronda Ostensiva com o Apoio de Motocicletas (Rocam), Radiopatrulha, Choque com Cães e Trânsito – para o município e todas as outras 14 cidades que formam a Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14).

Estiveram presentes na cerimônia de inauguração o governador do Estado, Paulo Câmara; os secretários estaduais de Planejamento e Gestão e Defesa Social, Márcio Stefanni e Antônio de Pádua, respectivamente; os secretários municipais de Ordem Pública e de Governo, Coronel Luís Aureliano e Rubens Júnior e o presidente da Destra, Coronel Hermes de Melo; o vice-prefeito de Caruaru, Rodrigo Pinheiro; os deputados federais André de Paula e Tadeu Alencar; os deputados estaduais Laura Gomes, Diogo Moraes, Joel da Harpa e Tony Gel; além do presidente da Câmara de Vereadores de Caruaru, Lula Torres.

Para Raquel, a tarefa de reduzir os índices de criminalidade, que cresceram assustadoramente no último ano, não é tarefa de um só, mas a chegada do Biesp à cidade é fator importante para isso. “A população precisa se sentir tranquila. Estamos fazendo a nossa parte, mas o trabalho articulado é muito mais eficaz”, completou.

Os 300 policiais contarão com 19 carros, 24 motos e quatro cães em suas ações voltadas ao combate ao tráfico de drogas, desarticulação de grupos de extermínio, assaltos, porte ilegal de armas, além do aumento de efetivo no patrulhamento da zona rural. “Com a presença de mais policiais nas ruas, já pudemos observar a queda de homicídios de outubro para novembro. Esse reforço vem diminuir ainda mais os números da violência”, comentou.

Além de citar a parceria entre a Secretaria de Ordem Pública e todos os órgãos envolvidos na segurança pública, Raquel falou sobre a integração desses órgãos a favor, apenas, da melhoria da qualidade de vida da população caruaruense. “É importante dizer que essa é uma luta do povo de Caruaru. Isso aqui não tem paternidade nem cor partidária. O que está em jogo aqui são vidas de pessoas e a gente tem lutado todos os dias para que, em Caruaru, a gente possa ter tranquilidade”, finalizou.

Comentários