Avanço: Saúde vai informatizar 100% das unidades básicas do SUS

PUBLICIDADE

Todos os municípios do Brasil terão estrutura para instalar o prontuário eletrônico. O serviço será garantido por meio de edital do Ministério da Saúde, que vai cadastrar empresas das cinco regiões do País para oferecer suporte de informática, como conectividade, equipamentos e treinamento de pessoal. A meta é que todas as Unidades Básicas de Saúde estejam informatizadas até o fim de 2018. Para o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a medida é mais um passo para o fortalecimento do SUS.

“Haverá um grande avanço na qualidade do atendimento de saúde. Isso vai garantir segurança e qualidade no atendimento para as pessoas e economia muito grande para poder público. Nossa estimativa é economizar 20 bilhões dos 240 bilhões que anualmente estados, municípios e a União investem na saúde através do SUS”.

A adesão ao sistema eletrônico traz benefícios na qualificação do atendimento, evitando repetição de exames e encaminhamentos desnecessários, além de maior controle do gasto público. Atualmente, 64% das Unidades Básicas de Saúde não utilizam prontuário eletrônico, isso equivale a mais de 27 mil serviços. Somente 30 milhões de brasileiros têm seus dados registrados digitalmente.

PUBLICIDADE

Comentários