Inflação sobe 2,14% para famílias com 2,5 salários mínimos

Da Agência do Rádio

A inflação para famílias que tem até dois salários mínimos e meio registrou variação de 0,42% no mês de outubro. A informação é da Fundação Getúlio Vargas, FGV, que divulgou na manhã desta terça-feira (7) o Índice de Preços ao Consumidor classe 1, o IPC-C1.

Em outubro o índice fica acima do registrado em setembro, quando houve uma queda de 0,25%. No ano de 2017 a alta acumulada é de 1,89% e de 2,14% nos últimos 12 meses.

Dos oito componentes analisados para o levantamento do índice, cinco apresentaram acréscimos nas taxas, são eles: Habitação, Alimentação, Saúde e Cuidados Pessoais, Comunicação e Despesas Diversas. Habitação apresentou a maior variação, de -0,33% para 1,06%. A variação nesse quesito pode ser creditada ao aumento das tarifas relacionadas à eletricidade, que aumentaram no último mês.

Fatores que puxaram o índice para cima

Já os grupos de Transportes, Vestuário e Educação, Leitura e Recreação apresentaram quedas.

Quando todas as classes de renda são observadas, como acontece no IPC-BR, a variação no mês de outubro fica em 0,33% e nos últimos 12 meses é de 3,16%.

Reportagem, Raphael Costa

Comentários