SINDCONAM-PE vai acionar MP para investigar Prefeitura de Caruaru

PUBLICIDADE

Do SINDCONAM-PE

No sábado 16 Setembro de 2017,  uma tragédia acontece na Cidade de CARUARU – PE,  a Capital do Agreste e do FORRÓ,  um chamado para atendimento é feito ao SAMU Caruaru,  um adolescente precisa ser socorrido, chamado feito Viatura liberada equipe a posto  sirene ligada Rapidez Eficiência tempo Resposta tudo seria normal em mais QTC (ocorrência a ser atendida) se não fosse a falta de qualidade,  profissional, sim qualidade profissional experiência treinamento profissionais e CONDUTORES DE AMBULÂNCIA de VERDADE, é isso mesmo, o Samu de Caruaru – Pe, não tem as menores condições hoje de oferecer um serviço seguro no transporte de vítimas e muito menos no transporte intra-hospitalar no APH (Atendimento Pré Hospitalar), tudo isso devido ao pagamento de recebimento de votos na eleição passada onde foi eleito o atual Governo Municipal, pagamentos esses feitos através de vagas de emprego mesmo que isso leve as pessoas a uma risco eminente de perder suas vidas.
Os fatos ocorridos em Caruaru onde vítima de um acidente e a equipe foram literalmente atropelados e um Jornalista ter sido BALEADO na CABEÇA por bala perdida, seria um mera coincidência ou mais uma vítima do descaso público.
                          Se não vejamos.  1°  A Prefeita de Caruaru manda demitir em massa profissionais Condutores de Ambulância do SAMU experientes, qualificados, treinados todos dentro do que exige as leis para que se exerça a profissão, e substitui esses profissionais por pessoas sem a menor qualificação para um serviço de tamanho risco e que tem por missão SALVAR VIDAS.
A clara falta de preparo, conhecimento profissinal e falta de treinamento pode ter causado a Tragédia de Caruaru,  a partir do atendimento.
Então vamos analisar a dinâmica.  um condutor experiente qualificado devidamente legal perante a lei do código de trânsito brasileiro.  Jamais cometeria o absurdo de estacionar a viatura após a vítima e sim faria a devida proteção desta vítima e equipe durante esse atendimento estacionando antes da vítima mantendo um distância segura para todos, com certeza essa tragédia não teria acontecido e um Cidadão não teria recebido uma bala perdida em sua cabeça colocando sua vida em risco e com certeza modificando toda a sua história e ainda trazendo um desespero para sua família e toda a sociedade Caruaense e pernambucana,   se estivesse o SAMU  sendo cuidado com o  respeito que deve ser dado e não sendo utilizado como moeda de pagamentos por votos recebidos com toda a certeza estariam os Caruaruenses assistindo todas as noites o jornal apresentado pelo jornalista,  vitimado da consequência de atitudes que tem com certeza origem na entrega de um serviço nas mãos de pessoas sem a menor qualificação profissional.
O Ministério Público de Caruaru – Pe tem que tomar providências urgentes para que outros jornalistas ou pessoas comuns não venham se tortar vitimas da irresponsabilidades ou pagamentos de favores políticos.

                    O Sindconam – PE estará encaminhando ao Ministério Público de Caruaru ofício pedindo que se investigue e apure responsabilidades e que análise se a Prefeita RAQUEL LYRA cometeu ou comete Improbidade administrativa Pelo fato de ter demitido e ainda continuar demitindo Condutores do Samu Caruaru e colocando pessoas para pagar favores políticos sem os menores critérios o pedido ao MP também tem o objetivo de que seja a Prefeita obrigada a trazer de volta todos os profissionais demitidos e que seja feito concurso público ou a terceirização do serviço naquele municipio.
PUBLICIDADE

Comentários