Deputada propõe Audiência Pública para discutir privatização da Chesf

A Assembleia aprovou, nesta quinta-feira (24/8), requerimento da deputada Laura Gomes propondo a realização de audiência pública para debater a privatização da CHESF no próximo dia quatro de setembro, às nove horas. “Pernambuco não aceita a imposição de uma medida desse porte sem debate e sem justificativas que nos convençam. Daí a necessidade de discussão e esclarecimento abertos à população”, observou a socialista.
A proposição aprovada prevê a reunião conjunta das comissões de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico e de Constituição, Legislação e Justiça à qual caberá coordenar o evento. Sindicatos, órgãos da sociedade civil e governamentais serão envolvidos no debate sobre o pacote de privatizações do Governo Federal que relaciona a Eletrobrás e, por extensão, a CHESF.
A justificativa do Requerimento destaca o papel da Companhia Hidrelétrica do São Francisco-CHESF como símbolo de desenvolvimento para os nordestinos e refere à função estratégica da empresa. “Entendemos que a avidez por recursos não seja a melhor conselheira em um processo de privatização desse porte. É fundamental ponderar o custo para o consumidor, a concorrência e a segurança energética”, diz o texto de Laura Gomes.
A audiência pública será, provavelmente, o ponto de partida para uma intensa batalha política que envolverá as bancadas estadual e federal de Pernambuco, revivendo a polêmica de tentativas anteriores de incluir a CHESF entre as produtoras e transmissoras de energia elétrica passíveis de entrega de controle ao setor privado.

Comentários