Caruaru ganhará dois novos camelódromos

Foi realizada nesta sexta-feira,25, uma audiência pública para discutir a situação dos ambulantes de Caruaru. A reunião foi feita a pedido dos Trabalhadores Autônomos da Capital do Forró, em virtude da decisão da prefeitura em relocar comerciantes que vendem frutas e verduras no Centro da cidade.

De acordo com o coordenador do Coletivo, Carlos Henrique, cerca de 500 ambulantes estão nas principais ruas do Centro. “Boa parte dos trabalhadores informais vão atuar nas ruas devido ao desemprego. Por outro lado, a transformação da cidade se deve justamente a esses profissionais e isso precisa ser levado em conta. O reordenamento é válido, mas não pode acontecer sem diálogo, como houve recentemente, quando as pessoas chegaram para trabalhar e várias viaturas estavam no local para proibir a negociação deles. Isso sem aviso prévio. A rua é nosso lugar e queremos trabalhar”, disse. Ele destacou ainda que existe a proposta da criação de dois novos espaços para que as pessoas possam negociar. 

Comentários