Caminhada marca programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência

Associados da Acace, Apodec, CAPD e servidores municipais participaram na tarde desta sexta (28) da caminhada em prol da Semana Municipal da Pessoa com Deficiência. A passeata percorreu as ruas do centro de Caruaru e foi promovida pelas secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Educação e Saúde, que juntas realizaram diversas atividades durante toda esta semana.

Na chegada do Marco Zero, os participantes tiveram à disposição diversos serviços oferecidos pelos parceiros envolvidos na ação, como emissão de credencial para pessoas com deficiência realizado pela Destra. Técnicos e assistentes sociais do INSS também estiveram presentes para orientar o público quanto aos Direitos Previdenciários das pessoas com deficiência. A Acace levou profissionais de massoterapeutas para oferecer massagem gratuita e o CAPD esteve presente prestando informações sobre o Passe Livre Municipal e Estadual.

Instituições educacionais também estiveram presentes na ação oferecendo serviços, como a Asces-Unita que enviou uma equipe multidisciplinar para realizar aferição de pressão arterial e realizar a divulgação de práticas esportivas para pessoas com deficiência. A Faculdade Maurício de Nassau foi representada na ação por uma equipe multidisciplinar dos cursos de Administração, Fisioterapia, Farmácia, Biomedicina e Enfermagem. Os serviços oferecidos foram aferição de pressão arterial, testagem de glicemia, avaliação nutricional e confecção de currículo.

Ao final foi realizado um culto ecumênico com representantes de três religiões. O Babalorixá Ivan Moreira representou as religiões de matriz africana, o Pastor Carlos Santos, como representante da Igreja Universal e o Padre Heleno Vieira, da Igreja Católica. “Foi uma semana marcante para as pessoas com deficiência de Caruaru, que tiveram a oportunidade de participar de diversas ações e terem ainda mais visibilidade”, pontuou a coordenadora de Promoção das Pessoas com Deficiência, Rosimery Silva.

“Achei a semana de atividades importante para a conscientização das pessoas de que todos somos iguais e temos direitos iguais”, declarou a cadeirante Ângela Wanderlei. Para o judoca Jonatan Chaves, que tem deficiência visual, o evento foi importante para mostrar um pouco do trabalho que realiza. “O evento ajudou a dar visibilidade aos atletas deficientes, de forma que a população possa interagir com a gente e conhecer nosso trabalho”, afirmou.

A programação continua neste fim de semana. No sábado (26) será realizada uma mini oficina para pessoas surdas no CAPD sobre prevenção à DST’s, HIV/ AIDS às 13h30 e no domingo está previsto um pin nic de confraternização no Parque Natural Municipal Professor João Vasconcelos Sobrinho, em Serra dos Cavalos, às 08h.

Comentários