Projeto Arte da Palavra do Sesc incentiva literatura em Caruaru

PUBLICIDADE

 

 Esta semana, Caruaru está sendo contemplada com dois circuitos do projeto Arte da Palavra do Sesc: Criação Literária e Autores. A parceria entre o Sesc e a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Caruaru (Fafica) está possibilitando aos alunos do curso de Letras da instituição e ao público em geral vivenciar uma programação de fomento à cadeia literária. Até sexta-feira (11/8), das 19h às 22h, uma oficina será ministrada pelo escritor Paulo Scott (RS) e, na quarta-feira (09/08), um debate acontece no auditório da Fafica, com os escritores Cíntia Moscovich (RS) e Marcos Peres (PR).

Dentro da programação do Circuito de Criação Literária, o escritor Paulo Scott ministra a oficina “A técnica do conto”, voltada para a escrita de narrativas curtas de ficção, até sexta-feira (11/8), das 19h às 22h, na sala 15 da Fafica. Propiciar aos participantes o conhecimento de teorias, de técnicas e leituras relacionadas à escrita de narrativas curtas de ficção é o objetivo principal da oficina. Além disso, indicações (acompanhadas de análises) de obras da literatura brasileira e estrangeira contemporânea, que revelem novas técnicas e novas abordagens da escrita de narrativas curtas de ficção, serão apresentadas aos presentes. A metodologia compreende ainda exercícios de criação e escrita e a realização de exame crítico da produção dos textos realizados ao longo da oficina dos encontros.

Já no Circuito de Autores, acontecerá um debate entre a escritora, jornalista e mestre em Teoria Literária Cintia Moscovich e o escritor e bacharel em Direito Marcos Peres, com mediação de Cícera Maria do Nascimento, no dia 9 de agosto, das 19h às 22h, no auditório da instituição. A ação integrará também a 6ª edição dos Seminários Teórico-Práticos do Curso de Letras da Fafica (Setep). Os convidados irão dialogar com o público sobre suas produções literárias e a suas trajetórias como autores da literatura brasileira.

 

 Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras foi lançado em março deste ano para atuar em toda a cadeia da literatura, incluindo a formação e a divulgação de novos autores e a valorização das novas formas de produção e fruição literária. Três tipos de circuito compõem o projeto: Autores, voltado para a valorização e divulgação de autores; Oralidade, com apresentações em que a oralidade é privilegiada, voltado para contadores de histórias, saraus e apresentações que mesclam poesia com outras manifestações artísticas; e Criação Literária, com oficinas literárias de diferentes temáticas para o exercício da prática da escrita literária e formação de leitores com maior bagagem literária.

 

 

PUBLICIDADE

Comentários