Agreste: Projeto foca em Educação Permanente de profissionais de saúde

Iniciativa é voltada para trabalhadores dos serviços de urgência e emergência das IV e V Geres

 A Secretaria Estadual de Saúde (SES) deu início nesta terça-feira (18.07) ao projeto Gestão para Educação Permanente dos Profissionais da Rede Atenção às Urgências. O evento é voltado para profissionais da rede de urgência e emergência dos 53 municípios que compõem a IV e V Gerência Regional de Saúde (Geres), com sede em Caruaru e Garanhuns, respectivamente. A primeira fase da iniciativa ocorre até a quinta-feira (20.07) no Centro Acadêmico Agreste /UFPE – Polo Caruaru. 

 O objetivo é qualificar esse público a partir da organização das linhas de cuidado de saúde prioritárias, visando a melhoria dos resultados assistenciais, o atendimento humanizado ao usuário do SUS e a garantia dos direitos humanos e sociais nos serviços. “O projeto tem por intenção permitir que os participantes exerçam um protagonismo na construção coletiva do conhecimento, contribuindo com suas experiências e viabilizando uma potencial transformação da realidade dos serviços”, ressalta a secretária executiva de Atenção à Saúde da SES, Cristina Mota.

 A qualificação, dividida em cinco etapas, é voltada para profissionais da Atenção Primária, UPA, Samu, Componentes Hospitalares de Urgência, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, Força Nacional do SUS, Níveis centrais de gestão em urgências (secretarias municipais de Saúde e SES), Regulação e Atenção Domiciliar. A expectativa é que o trabalho seja finalizado até dezembro. O projeto é uma parceria da SES com o Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC) e o Ministério da Saúde (MS) no âmbito do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS).

Comentários