Curso de Pilotagem defensiva para mototaxistas e motoboys será realizado nessa semana

PUBLICIDADE

Estão abertas  a partir desta terça-feira, 04, as inscrições para o curso de pilotagem defensiva, que será realizado no próximo dia 07, no pátio de eventos.  O projeto Moto Amiga, em convênio com o a Destra (Autarquia Municipal de Defesa Social, Trânsito e Transportes), estará disponibilizando para mototaxistas e motoboys o curso que é gratuito e será ministrado pela equipe de instrutores da Associação Brasileira de Distribuidores Honda (Assohonda), por meio do Núcleo Operacional Assohonda (NOA–II), sob a supervisão da Destra. Ao final do curso, além do sorteio de capacetes, os participantes receberão certificados disponibilizados pelo CETH (Centro Educacional de Transito Honda). Para as inscrições é necessário habilitação e no caso de mototaxista, tem que ser cadastrado e com a vistoria atualizada.

A carga horária do curso contará com quatro horas/aula, divididas em dois módulos: fundamentos teóricos e aplicação prática. Em Caruaru, as aulas (teórica e prática) acontecem Pátio de Eventos Luiz Gonzaga, localizado na R. Agnelo Dias Vidal, bairro Nossa Sra. das Dores, das 8h às 12h, e das 13h às 17h. Entre os temas, serão abordados: Definição e elementos da pilotagem defensiva; Condução em condições adversas; Condução em situações de risco; Ultrapassagens; Derrapagem; Ondulações e buracos; Cruzamentos e curvas; Técnicas de frenagem; uso de EPIs; e Manutenção correta das motocicletas.

O curso de Pilotagem Defensiva do Moto Amiga é destinado a motociclistas e busca aprimorar as competências quanto à condução segura de motocicletas. O objetivo é disseminar os conhecimentos sobre o manejo eficaz das motos, sempre buscando a condução correta e segura, minimizando as possibilidades de acidentes de trânsito, além de incrementar as habilidades de condução adequada, com técnicas de pilotagem responsável e segura. “Muitas vezes, os acidentes acontecem pela falta de conhecimento ou pela imprudência do condutor”, o presidente do NOA-II, Hipólito Gervásio. “Na aula prática, vamos demonstrar as técnicas corretas aos alunos e à importância de mudar e melhorar o comportamento e controle na motocicleta”, completa.

Para o diretor presidente da Destra, cel. Hermes Melo, os cursos e programas que trabalham na prevenção de acidentes são uma grande oportunidade para que os motociclistas reflitam sobre as adversidades do trânsito na Capital do Agreste. “Além da teoria, a experiência prática vai ajudar a evitar muitos acidentes. E também não esquecer em usar o capacete, que pode reduzir em 40% o risco de morte, e em 70% o risco de lesão corporal grave”, orienta.

PUBLICIDADE

Comentários