Entidades aguardam resposta da Prefeitura de Caruaru sobre administração do Comando Presente

PUBLICIDADE

As entidades e associações de classes que administram o Comando Presente voltaram a se reunir nesta quarta-feira (22), no Sindloja Caruaru, para debater o futuro do grupo que atua na parte estrutural e de segurança do Parque 18 de Maio, especialmente em dias de Feira da Sulanca, em Caruaru, no Agreste pernambucano.

 

O principal ponto do encontro voltou a ser o prazo final das contribuições financeiras por parte das entidades e associações que encerrou no dia 28 de fevereiro e já foi prorrogado até o próximo dia 31 de março.

 

De acordo com o presidente do Sindloja e do Comando Presente, Alberes Lopes, desde o início do ano vem sendo estudado, em parceria com a nova gestão municipal, a viabilidade de um convênio que transfere os custos mensais do Comando Presente, calculados em R$ 4.500, à Prefeitura de Caruaru, a partir do dia 1º de abril. “Entendemos que o Comando Presente trouxe muitos benefícios para a cidade, e que é o momento da prefeitura assumir os custos de manutenção, que são mínimos, diante da importância do trabalho. Sugerimos que seja feita uma parceria público-privada para minimizar ainda mais os custos”, reforça.

 

Com a proximidade da data e a não resposta da prefeita Raquel Lyra, as entidades já começam a trabalhar com duas hipóteses: a primeira trata de uma nova prorrogação das contribuições financeiras por parte das entidades e a segunda cogita até a paralisação das atividades do Comando Presente.

 

A próxima reunião do Comando Presente foi marcada para o dia 29 de março, quando esses e outros assuntos voltarão a ser debatidos.

 

Planilha de custos no período de novembro de 2015 a dezembro de 2016

 

Em 13 meses de Comando Presente, foram investidos, com recursos bancados pelas entidades, associações de classe e empresários do Parque 18 de Maio, o valor de R$ 178.033,46, com despesas como locações de contêineres e rádios comunicadores, alimentação de policiais e fiscais, divulgação, entre outros serviços que garantiram um melhor desenvolvimento da Feira da Sulanca no período citado acima.

 

Sobre o Comando Presente

 

O Comando Presente foi criado em novembro de 2015 a partir da parceria entre entidades civis e públicas. Fazem parte do Comando Presente entidades do setor empresarial como Sindloja Caruaru, Acic, CDL, Câmara Setorial dos Lojistas do Centro Moda 18 de Maio, Sindicato do Comércio Atacadista Local (Sincata); instituições ligadas aos feirantes, como Associação de Sulanqueiros de Caruaru (ASC), Associação dos Fornecedores de Bancos (Asfoban), Sindicato do Comércio de Vendedores Ambulantes de Caruaru (Sincovac), Associação de Sulanqueiros e Vendedores Ambulantes de Caruaru (Asvac); as Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal; o Corpo de Bombeiros Militar; e a Prefeitura de Caruaru, por meio da Destra e das Diretorias de Feiras e Mercados e de Arrecadação Externa.

PUBLICIDADE

Comentários