Prefeita de Caruaru sanciona Lei da Nova Reforma Administrativa

Foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (21) a sanção da Lei da nova Reforma Administrativa pela prefeita de Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A Lei de autoria da prefeita Raquel Lyra reduz o número de secretarias de 18 para 13, e corta 200 cargos comissionados, mas na prática, os gastos com a máquina pública ficaram 0,06% maiores em relação a gestão anterior.

O projeto foi aprovado no dia 14 de março com 22 votos a favor e um contra na Câmara Municipal de Caruaru. De acordo com a Lei, o impacto financeiro da Reforma para gastos com os cargos comissionados será de R$ 373 mil mensais. O texto diz que a Reforma vai possibilitar adequação da estrutura administrativa ao modelo de gestão, integrando as políticas públicas ao processo de planejamento participativo, desenvolvimento sustentável, monitoramento de programas, projetos e ações com base no território.

Os salários dos secretários, controladoria geral, procurador, chefia de gabinete e assessor especial ficaram em R$ 12 mil, sendo os maiores da folha. Os vencimentos dos secretários Executivos ficaram na ordem de R$ 8 mil e as gerências terão subsídios de R$ 6 mil.
Para ter acesso ao documento completo com o novo organograma da prefeitura de Caruaru, basta acessar o link do Diário Oficial do Município.

Comentários