PDT lança nome de Ciro Gomes como pré-candidato a Presidente em 2018

PUBLICIDADE

O deputado federal Wolney Queiroz participou da Convenção Nacional do Partido Democrático Trabalhista (PDT) realizada em Brasília. No evento, aos gritos de “Fora Temer”, a sigla fechou questão contra as reformas da Previdência e Trabalhista. Caravana pernambucana, com diversas lideranças, marcou presença nos debates realizados ontem dos movimentos partidárias em torno da diversidade, juventude, e igualdade racial e de gênero.

Durante a Convenção, Carlos Lupi foi reconduzido à presidência nacional, e Ciro Gomes eleito, por aclamação, um dos vice-presidentes do partido. “Ciro representa a nossa esperança de restituir ao país a justiça social, o desenvolvimento e a soberania nacional”, garantiu Lupi. Já Ciro falou sobre o duro caminho que tem pela frente na empreitada de pré-candidato à Presidência da República. “Um caminho espinhoso e de confronto percorrido por Getúlio, Jango e por Brizola. Estou preparado para enfrentar o que vier. Não me conformo em ver o país entregue aos interesses estrangeiros, do capital, enquanto o desenvolvimento é negado para o seu povo”, argumentou.

Para Wolney, presidente do partido em Pernambuco, o momento exige mobilização e luta. “Precisamos combater o retrocesso que vem à galope nesse governo. Querem entregar nossas riquezas e acabar com as conquistas sociais. Precisamos combalir essa política contra o povo brasileiro e pensar novas alternativas para o Brasil voltar a crescer. Ciro é esse caminho. A militância e todas as nossas lideranças, de um partido que tem história de luta como o PDT, precisam se mobilizar nas ruas para evitar a retirada de direitos”, avaliou.

PUBLICIDADE

Comentários