Conselheiros do Sebrae/PE visitam a 23ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana

PUBLICIDADE

 

O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é um dos realizadores da Rodada de Negócios da Moda Pernambucana. O evento acontece até esta sexta-feira, 17, em Caruaru. Nesta quinta-feira, 16, os conselheiros Marcelo dos Santos e Bernardo Peixoto visitaram o evento, acompanhados da gerente da Unidade Agreste, Débora Florêncio.

Marcelo dos Santos, que também é representante da Superintendência do Banco do Nordeste, destacou a importância do evento não só para o desenvolvimento do Polo de Confecções, mas para o Nordeste inteiro. “Temos aqui empresas de várias regiões e poder concentrar o nível de conhecimento e empreendimentos nesse determinado modelo de negócio é fundamental para o desenvolvimento local e para o de Pernambuco e os demais estados nordestinos. É algo que soma as oportunidades de negócio para várias esferas”.

Já Bernardo Peixoto, também vice-presidente da Fecomércio, enfatizou a necessidade de eventos que estimulem potencialidades da região. “Essa iniciativa dos empresários do Polo de Confecções do Agreste é bastante louvável, uma vez que cria milhares de empregos, mesmo nessa época difícil para a economia. Os idealizadores estão de parabéns e esta Rodada serve de exemplo para outros polos de confecções do país”.

Durante a visita, Débora conduziu os dois conselheiros até os stands e ambos puderam observar como são realizadas as negociações entre os expositores e os compradores e informou que os números desta edição devem bater novo recorde. “Nós acreditamos que vamos superar as expectativas para a Rodada. As expectativas são ótimas para quem está investindo em conhecimento, qualificação e melhoria de produtos”.

A 23ª Rodada de Negócios da Moda Pernambucana é uma realização do Sebrae e da Associação Comercial e Empresarial de Caruaru (Acic) e conta com o apoio do Sindicato do Vestuário de Pernambuco (Sindiveste/PE), da Associação Comercial e Empresarial de Toritama (Acit), da Associação Comercial e Empresarial de Surubim (Aciasur) e da Associação Empresarial de Santa Cruz do Capibaribe (Ascap).

PUBLICIDADE

Comentários