Brasil tem 486 mortes e 11.130 casos confirmados de coronavírus

Foto: Fabiano Rocha / Agência O Globo

O número de pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus no Brasil subiu para 11.130, e o total de mortes chegou a 486. Os dados foram divulgados neste domingo pelo Ministério da Saúde. A taxa de letalidade no país é de 4,4%.
No balanço de sábado, o total de infectados era de 10.278, e os mortos eram 433. De um dia para o outro, a quantidade de contaminados subiu 8,2% — 852 novos casos — e mais 54 óbitos foram registrados. Dois estados (Acre e Tocantins) permanecem sem mortes provocadas pela infecção viral.

Pernambuco tem mais sete mortes e 25 novos casos de Coronavírus

Pernambuco registrou mais sete mortes de pacientes com o novo coronavírus (Sars-Cov-2). Com isso, subiu para 21 o número de óbitos de pessoas com a doença Covid-19. O estado teve 25 novos casos confirmados, totalizando 201, e dois novos pacientes curados, resultando em 25 recuperações clínicas. Os dados constam no boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) neste domingo (5).

Os 25 novos casos confirmados são de pacientes entre 25 e 93 anos, sendo 15 mulheres e 10 homens. Das sete mortes, quatro são mulheres, de 69, 62, 84 e 55 anos, e três são homens, de 60, 64 e 75 anos. Seis pessoas morreram no Recife, e uma veio a óbito em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana.

Há três óbitos de pessoas com menos de 60 anos. O primeiro foi de uma mulher de 37 anos, com cardiopatia, que morreu no Recife. A segunda foi de uma mulher de 51 anos, moradora do Cabo de Santo Agostinho, fumante e com problemas respiratórios. Ela morreu em Ipojuca.

A terceira, de 55 anos, que consta no boletim deste domingo, morava em Olinda e morreu no Recife. Ela tinha diabetes, doença renal crônica e pneumonia crônica.
No estado, há 68 pessoas internadas com a Covid-19, sendo 19 em Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) e 49 em leitos de isolamento. Além disso, 87 pessoas estão em isolamento domiciliar.

Caruaru confirma mais um caso de Coronavírus

NOTA – A Secretaria de Saúde de Caruaru informa que foi notificada com a confirmação do terceiro caso de Covid-19, no município. Trata-se de mais um caso de transmissão comunitária, em uma pessoa na faixa etária de 50 a 55 anos, que não está mais no período de transmissão da doença e não apresenta mais qualquer sintoma. A notificação foi feita por um hospital particular de Caruaru. Mais informações serão dadas em coletiva de imprensa, nesta segunda-feira (6), às 10h, pelas redes oficiais da prefeitura.

Advocacia caruaruense de luto

A OAB Caruaru recebeu com bastante pesar a notícia do falecimento do seu ex-presidente, Dr. Walter Augusto de Andrade, na manhã deste domingo (05).

Advogado reconhecido pela sua atuação e inúmeros serviços prestados à Ordem, participou da instalação da Subseção Caruaru, e foi seu presidente entre 1981 e 1982.

Através de suas redes sociais o atual presidente Fernando Júnior, lamentou a perda e prestou condolências aos familiares. “Perdemos um grande ser humano, amigo e advogado. Jamais esquecerei dos seus conselhos e das palavras de incentivo para que continue nessa luta incessante por nossa classe. Descanse em paz Dr. Walter! Obrigado por tudo que fez pela advocacia de nosso estado e por nossa instituição! Que Deus lhe abençoe e conforte sua família,” escreveu.

Paulo Câmara comanda reunião com secretariado sobre Covid-19

Foto: Hélia Scheppa

O governador Paulo Câmara comandou, na manhã deste domingo (05.04), uma reunião com parte da sua equipe de secretários no Palácio do Campo das Princesas e com os demais integrantes do primeiro escalão participando por videoconferência. O objetivo foi analisar o impacto da pandemia do novo coronavírus no Estado, pontuando as ações de enfrentamento implementadas e discutindo o planejamento para os próximos dias. Hoje, Pernambuco contabilizou mais 25 casos confirmados e sete mortes. Ao todo, já são 201 casos confirmados e 21 mortes registradas.

“Estamos estruturando nossa rede hospitalar com mil novos leitos, contratando mais de quatro mil profissionais de saúde e adotando medidas restritivas, além de iniciativas para reduzir o impacto econômico. Tudo isso para salvar o maior número de vidas possível”, frisou Paulo Câmara.

O governador destacou a importância do trabalho coletivo e reforçou o apelo para que a população cumpra o isolamento social. “Nossas medidas estão sendo realizadas de forma integrada, com a participação de todos os agentes públicos que podem colaborar com o enfrentamento à Covid-19. Mas precisamos também da colaboração fundamental da população. Fiquem em casa”, conclamou.

 

 

Polo de Confecções produzirá EPIs para o combate ao Coronavírus

Foto: Daniel Bruno

No dia 25 de março, a deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB) protocolou um pedido no Governo do Estado para que direcionasse ao Polo de Confecções de Pernambuco a produção de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) utilizado pelos profissionais de saúde no combate ao novo Coronavírus.

A solicitação da parlamentar desencadeou uma série de pedidos de produção de máscaras que já passam de 1 milhão. Além de empresas do setor privado, diversas prefeituras da região e o próprio Ministério da Saúde tem sinalizado interesse em fechar parceria com as empresas do Polo.

Para a deputada Alessandra e o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, responsável pela parceria entre o setor público e privado, a produção dos EPIs visa a manutenção dos empregos e a geração de renda para os trabalhadores do Polo.

“Considerando o impacto financeiro que o Coronavírus trouxe pra famílias de todo o país, temos buscado formas de movimentar a economia de nosso Estado e principalmente a sustentabilidade das milhares de famílias que dependem do Polo”, frisa Alessandra. “O nosso trabalho conjunto permitiu que conseguíssemos a produção desses EPIs, no intuito de tentar amenizar o impacto financeiro das pequenas e micro empresas de nossa cidade”, destaca Edson Vieira.

O pedido da deputada tucana contribui ainda para que o Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco (NTCPE) desenvolvesse um caderno técnico com protótipos de equipamentos de proteção, como batas e máscaras. A publicação conta ainda com as modelagens e os insumos necessários para a produção de cada EPI.

Indicação 3547/2020 – No dia seguinte ao pedido protocolado na Secretaria da Casa Civil do Estado, a deputada reforçou a solicitação também através da Indicação 3547/2020 publicada no Diário Oficial e direcionada ao Governo do Estado e a Secretaria de Saúde.

Sindloja envia ofício ao governo de Pernambuco sobre o setor de óticas

O Sindicato dos Lojistas do Comércio de Caruaru (Sindloja) enviou ontem (4) ofício ao governo de Pernambuco solicitando que o setor de óticas possa voltar a funcionar, de acordo com o Decreto nº 48.882, de 3 de abril de 2020.

Dentro das atividades acrescentadas como essenciais no decreto, o Sindloja interpreta que o segmento de óticas se enquadra no parágrafo 2, inciso 9, que trata dos “serviços essenciais à saúde, como médicos, clínicas, hospitais, laboratórios e demais estabelecimentos relacionados à prestação de serviços na área de saúde”.

É importante ressaltar que na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), o segmento 4774-1/00 “Comércio varejista de artigos de óptica” está incluso no item 47, que compreende “Comércio varejista de produtos farmacêuticos, perfumaria e cosméticos e artigos médicos”, o que reforça os argumentos da nossa interpretação.

O Sindloja entende que as óticas prestam serviço essencial, pois a visão é uma questão de saúde, portanto, acreditamos que o setor de ótica deveria funcionar igualmente ao setor de farmácia, seguindo condições rígidas sanitárias, com a utilização dos produtos que auxiliem no combate ao novo coronavírus, como o álcool em gel a 70% e máscaras.

Como representante legal do setor empresarial de Caruaru, incluindo as lojas de óticas, o sindicato solicitou ao governo de Pernambuco uma resposta quanto à interpretação acima mencionada.

 

Covid-19: n° de mortos chega a 65 mil no mundo

Enterro de uma vítima do coronavírus na Califórnia, Estados Unidos. Foto: SHANNON STAPLETON / REUTERS

O novo coronavírus causou pelo menos 65.272 mortes em todo o mundo desde que apareceu em dezembro, na China, de acordo com um balanço estabelecido pela AFP com base em fontes oficiais, neste domingo.
Desde o início da epidemia, mais de 1.206.480 casos de contágio foram registrados em 190 países ou territórios. O número de casos positivos diagnosticados, no entanto, reflete apenas uma parte do número total de infecções devido às diferentes políticas dos países para diagnosticar os casos, alguns o fazem apenas com as pessoas que precisam de hospitalização. As autoridades consideram que, até o momento, pelo menos 233.300 pessoas foram curadas da doença.

Brasil tem 445 mortes por Covid-19

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 20h30 deste sábado (4), 10.361 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 445 mortes pela Covid-19. Apenas dois estados ainda não registraram mortes: Acre e Tocantins.

No início da tarde, um homem de 60 anos morreu de coronavírus no Hospital de Emergência de Macapá; ele estava internado com pneumonia. Foi a primeira morte do Amapá. Na manhã deste sábado, a Bahia registrou a 7ª morte por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A paciente era uma mulher de 28 anos, que tinha ido a Itapetininga realizar uma cesárea. Rio Grande do Sul também confirmou a sétima morte. O Amazonas confirmou mais 5 mortes, somando 12. O Distrito Federal também confirmou a sétima morte.

Pernambuco registrou mais quatro mortes de pacientes com coronavírus (Sars-Cov-2), neste sábado (4). Com isso, subiu para 14 o número de óbitos de pessoas com a Covid-19, doença causada pelo novo vírus. Além disso, houve 40 novos casos confirmados, totalizando 176.

Um boletim epidemiológico feito pelo Ministério da Saúde nesta sexta (3), diz que Distrito Federal, São Paulo, Ceará, Rio de Janeiro e Amazonas podem estar na transição para uma fase de aceleração descontrolada da pandemia.

O último balanço do Ministério da Saúde, divulgado na tarde de sábado (4), aponta 10.278 casos confirmados e 432 mortes.

O avanço da doença está acelerado: foram 25 dias desde o primeiro contágio confirmado até os primeiros 1.000 casos (de 26 de fevereiro a 21 de março). Outros 2.000 casos foram confirmados em apenas seis dias (de 21 a 27 de março) e quase 4.000 casos de 27 de março a 2 de abril, quando a contagem bateu os 8.000 infectados.

G1

Professor Claudionor vai disputar vaga na Câmara de Vereadores pelo Progressitas

Foto: Divulgação

Neste sábado (04), último dia do prazo de filiação partidária para aqueles que desejam concorrer ao pleito eleitoral de 2020, o professor Claudionor Sobral anunciou seu apoio à pré-candidatura do Delegado Lessa para prefeito de Caruaru e filiou-se ao Progressistas, partido do Delegado, no intuito de disputar uma cadeira da Câmara Municipal de Vereadores de Caruaru.

Segundo o professor, a decisão foi motivada pela necessidade de renovação e mudança nos quadros políticos da cidade e pelo intuito de estar em sintonia com um projeto político que se importe com a educação municipal. “Entra ano e sai ano e não enxergamos mudanças concretas na educação do município. As práticas são as mesmas e o professor, principal envolvido nesse processo, não tem a atenção devida”, esclarece Claudionor.

O professor Claudionor sempre exerceu um papel fiscalizatório da educação municipal. Ele atua como presidente do CACS (Conselho Municipal de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação em Caruaru), e também é professor concursado da rede municipal.