Presidente da Fundação Palmares exclui Marina Silva da lista de personalidades negras do órgão

O presidente da Fundação Palmares anunciou em uma rede social que excluiu o nome da ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva da lista de personalidades negras da instituição.

Segundo Sérgio Camargo, ela foi excluída porque “não tem contribuição relevante para a população negra do Brasil”.

Camargo também declarou que os deputados David Miranda e Talíria Petrone (ambos do PSOL-RJ), o ex-deputado Jean Wyllys e a cantora Preta Gil declaram-se negros “por conveniência”.

Parte das pessoas atacadas reagiu. O partido de Marina Silva, a Rede Sustentabilidade, divulgou nota de repúdio.

Comentários